Translate

25 de maio de 2012

JACA-FRUTA TROPICAL


A jaca é uma fruta originária do arquipélago malaio, introduzida e difundida no Brasil durante o século XVIII. O fruto é enorme - chega a pesar até 15 kg -, de forma ovulada ou arredondada, e nasce no tronco e nos galhos mais baixos da jaqueira.
Quando madura, tem cor amarelada e superfície áspera com pequenas saliências. Seu interior é formado por vários gomos, sendo que cada gomo contém um grande caroço recoberto por uma polpa cremosa, viscosa e muito aromática. A jaca é rica em hidratos de carbono, contendo poucas vitaminas e sais minerais. Pode ser consumida ao natural ou no preparo de doces (em calda, em massa, cristalizado) e de geléia.
Para saber se a jaca está madura , veja se as saliências estão bem desenvolvidas e amarelas. Quando pressionada com os dedos, deve ter consistência firme.

Nome científico: Artocarpus integrifolia L.

Árvore que pode atingir até 20 metros de altura, copa mais ou menos piramidal, densa e frondosa, tronco robusto.
Folhas verde-escuras e brilhantes.
O fruto é de forma ovulada, irregular, com casca grossa e áspera com pequenas saliências, verde, ou amarelada. Nascem diretamente do tronco e dos galhos mais grossos e chegam a pesar até 15 Kg. e medir até 40 cm. É um sincarpo, ou seja, infrutescência produzida pela fusão dos frutos formados pelos ovários de flores vizinhas.
A parte comestível da jaca são os frutículos encontrados no interior dos grandes sincarpos. O interior do fruto é formado por vários gomos, sendo que cada gomo contém um grande caroço recoberto por uma polpa cremosa e branca, suculenta, viscosa e cheiro forte e característico, muito aromática.
Os gomos podem ser de consistência um pouco endurecida ou mole, conhecidas popularmente de jaca-mole e jaca-dura. As sementes, que são tóxicas cruas, são comestíveis quando assadas, grelhadas ou cozidas. Seu gosto lembra o das castanhas, consideradas ligeiramente afrodisíacas.
Fructificação durante todo o ano.
Originária da Índia, cultivada em todos os países tropicais do mundo, foi introduzida no Brasil no séc XVIII. No Recôncavo Baiano, serve como alimento básico para comunidades rurais. A maior qualidade medicinal desta fruta saborosa é a de combater a tosse de qualquer natureza. Seus caroços agem contra a prisão de ventre. E o leite da jaca é empregado nos casos de irritação dos olhos em geral.

Tabela Nutricional
Quantidade
100 gramas
Água (%)
75,1
calorias 88
Proteína (g)
1,4
Carboidratos(g)
22,5
Fibra Alimentar (g)
2,4
Colesterol (mg)
n/a
Lipídios (g)
0,3
Ácido Graxo Saturado (g)
0,1
Ácido Graxo Mono insaturado (g)
    
0,1
Ácido Graxo Poli insaturado (g)
n/a
Cálcio (mg)
11
Fósforo (mg)
14
Ferro (mg)
0,4
Potássio (mg)
234
Sódio (mg)
2
Vitamina B1 (mg)
0,10
Vitamina b2 (mg)
0,04
Vitamina B6 (mg)
0,05
Vitamina B3 (mg)
traços
Vitamina C (mg)
14,8
----------------------------------------------------------------------
Jacas verdes são consideradas legumes e tratadas como tal, especialmente em países do Sudeste Asiático. Uma pena que no Brasil só se dê atenção a elas quando estão no ponto de cair, sendo que poderiam ser aproveitadas em todos os estágios de maturação. A ponto de a árvore asiática tão bem adaptada por aqui ser tratada como invasora em alguns locais como no Recôncavo Baiano onde pode ser cortada pra fazer de gamelas a mesas de jantar, camas e sofás. Sei lá se isto é certo ou não, deve haver algum estudo de impacto ambiental para que a atividade seja feita à luz do dia, na beira da rodovia, mas que jacas são desperdiçadas no Brasil, ah, isto são.

Receita de jaca louca ou jaca verde para comer com pão

4 colheres(sopa) de óleo ou azeite + 1 colher (sopa) de colorau
4 dentes de alho fatiados
250 g de pimentão (1/3 de pimentão amarelo, 1/3 do vermelho e 1/3 do verde), fatiado
1 pimenta dedo-de-moça picada
1 cebola média fatiada
4 xícaras de polpa de jaca cozida e fatiada (450 g)
1 colher (chá) de sal ou a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
1/4 de xícara de vinagre
1 xícara de cheiro verde picado

Coloque o óleo de urucum numa frigideira e leve ao fogo. Junte o alho e deixe começar a dourar. Acrescente o pimentão, a pimenta e a cebola e refogue até que a cebola comece a ficar macia. Coloque a jaca, tempere com sal e pimenta-do-reino e misture. Deixe no fogo, mexendo, até a jaca ficar bem quente. Prove o sal e corrija, se necessário. Deixe esfriar e tempere com azeite, vinagre e cheiro-verde-picado. Sirva com pão. No outro dia estará ainda melhor.


Rende: de 8 a 10 porções

Moqueca de jaca verde. De Eliana Santiago

2 colheres (sopa) de óleo de dendê
2 dentes de alho picados
1/2 cebola picada
3 colheres (sopa) de pimentão verde picado em cubinhos
3 colheres (sopa) de pimentão vermelho picado em cubinhos
1 tomate picado em cubinhos
2 colheres (sopa) de coentro picado
1 pimenta dedo-de-moça vermelha picada
1 colher (chá) de sal ou a gosto
2 xícaras de jaca verde cozida e fatiada
1 xícara de leite de coco
Suco e limão e coentro a gosto para finalizar (ela usou coentro-de-pasto ou chicória-do-pará, mas com qualquer um ficará bom)
Numa panela de barro, coloque o óleo de dendê e doure o alho e a cebola. Junte o pimentão e o tomate e mexa. Em seguida, junte o coentro, a pimenta, o sal e a jaca verde cozida. Misture bem e deixe cozinhar brevemente ou até que fique bem quente. Junte o leite de coco e deixe ferver. Prove e corrija o sal e corrija se necessário. Junte umas gotas de limão e mais um pouco de coentro picado para finalizar. Sirva com arroz

Rende: 4 porções

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEFINIÇÕES

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino. "Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui. "Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores. "Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês. "Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia. "Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. "Diabético" é quem não consegue ser doce. "Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

Cleide Maragarete Soares de Oliveira

Cleide Maragarete Soares de Oliveira

Por do Sol- Salvador -BA

Loading...

Londres

Loading...

Paris

Loading...

Videos do Bosque dos Buritis em Goiânia - GO

Loading...