Brasil

Brasil

21 de fevereiro de 2014

VOCÊ CONHECE MACA?

Aqui nesta postagem,vocês irão encontrar alguns textos de diferentes especialistas falando sobre  este tubérculo. Vejam que interessante!

Conheça a maca peruana, tubérculo que diminui o apetite e ainda aumenta a libido


A maca peruana foi um dos destaques em um dos programas do Globo Repórter, da Rede Globo. Os benefícios dessa raiz, encontrada no mercado na forma de farinha, foram publicados também na BOA FORMA, no ano passado.
A maca peruana, mais um superalimento que vem dos Andes, promete fazer sucesso. Esse tubérculo, que parece um rabanete, tem alto teor de proteína, gordura do bem, minerais (cálcio, magnésio, fósforo, potássio, zinco, selênio, ferro), vitaminas (B1, B2, C, E) e fibras. “Dá energia, aumenta a imunidade, auxilia na prevenção da osteoporose e de doenças cardiovasculares e apresenta efeito anti-inflamatório, podendo aliviar dores nas articulações, enumera Thais Souza, nutricionista da rede Mundo Verde. São as propriedades afrodisíacas, porém, que fazem a fama dela desde os tempos dos incas. “O magnésio e a vitamina E são importantes para a produção de hormônios sexuais e de neurotransmissores que causam a sensação de prazer, enquanto o zinco é necessário para a produção da testosterona”, diz a nutricionista Vanderlí Marchior,


1º texto                      

A raiz é geralmente consumida em pó e seus benefícios vão além do aumento do desejo sexual.

 Eliminando a taxa de gordura ruim e aumentando o número da gordura boa, melhorando a         circulação sanguínea e reduzindo os ricos de doenças cardiovasculares relacionadas ao colesterol.

- Rica em ferro e cálcio, a raiz também é indicada para auxiliar no tratamento de anemia, osteoporose, artrite e artrose.
 - Para as mulheres, a farinha de maca serve como atenuador dos efeitos da TPM, já que regula a produção de estrogênio e progesterona, e controla os sintomas da menopausa.
Maca é afrodisíaco
Rica em vitaminas, minerais, aminoácidos e ácidos graxos, a maca é conhecida por aumentar a sensação de bem-estar, além de estimular a produção da testosterona, hormônio relacionado ao desejo sexual masculino.
Entre os benefícios afrodisíacos para homem estão:
·         Aumento da energia;
·         Aumento do vigor sexual;
·         Sensação de bem-estar;
·         Produção de testosterona;
·         Prolongamento da ereção;
·         Aumento da quantidade de sêmen.


2º texto
Maca Peruana Emagrece?

Também conhecida como Maca Andina (assim como Maca Pó e Planta Maca) é basicamente um tubérculo de aparência semelhante ao rabanete (como uma raiz), porém com muito mais nutrientes. Seu lado “superalimento”, ocorre pela grande quantidade de carboidratos, proteínas, lipídeos, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, zinco, selênio e ferro, além de vitaminas B1, B2, C e E. E se não bastasse tudo isso ela ainda é rica em fibras, o que ajuda no processo de emagrecimento.

Onde Comprar Maca Peruana
A Maca é vendida atualmente em pó, cápsulas ou até em sua forma natural, e esses três tipos podem ser facilmente encontrados em lojas de produtos naturais e até farmácias de manipulação.
No caso do pó, além de poder ser consumida misturada com a comida, ainda pode ser usada em sucos. Já em sua forma natural, o melhor é cozinhá-la, como uma batata.
Por ser um produto natural, não há relatos de reações adversas decorrentes do uso da Maca. Entretanto, os nutricionistas recomendam que não se consuma mais do que duas colheres de sopa ao dia. Além de alertarem que as pessoas portadoras de doenças crônicas, hepáticas, renais e alergias alimentares, optem pela Maca apenas com recomendação e acompanhamento médico

Como é o seu gosto?

É bem suave, levemente adocicado, de bem fácil aceitação.

Sete benefícios da maca peruana


1 - Rica em ferro, ótima para prevenir anemias.


2 - Rica em cálcio, auxilia na prevenção da osteoporose.


3 - Promete aumentar apetite sexual – Estudos científicos relacionam a combinação de vitaminas do complexo B, zinco e vitamina E com a formação dos hormônios sexuais do organismo, melhorando problemas de falta de libido e de infertilidade.


4 - Ajuda a reduzir os sintomas desagradáveis da menopausa – A combinação de vitaminas do complexo B, zinco e vitamina E auxilia a formação dos hormônios sexuais, aliviando as ondas de calor.


5 - Auxilia dietas de emagrecimento – Por ser rica em fibras, aumenta a saciedade.


6 - Previne o diabetes: por ser rica em fibras, evita a liberação de grandes quantidades de insulina de uma só vez, o que poderia levar à resistência celular à substância, favorecendo o diabetes.


7 - Diminui cansaço – É rica em carboidratos complexos, principal nutrientes responsável pelo fornecimento de energia aos organismo, além de ser fonte de vitaminas do complexo B, que participam das reações relacionadas à produção de energia do organismo.


Quais são as variações encontradas no mercado?

Pode ser consumida na versão em pó ou em cápsulas.


Onde podemos encontrá-la?

Na versão em cápsulas, ela pode ser manipulada em farmácias. Já versão desidratada, em lojas de produtos naturais. 



Qual é a quantidade diária recomendada?

De 1 a 2 colheres de sopa da versão desidratada, em pó. Já na versão em cápsulas, em média 500mg ao dia.







Como incluí-la na dieta?
Duas colheres de sopa:
No iogurte
Na batida
Em frutas
No lanche da manhã ou da tarde



Reportagem: Alessandra Toniazzo - Edição: MdeMulher

É só pensar em dieta para dar adeus aos carboidratos. Pare tudo e anote esse nome: maca peruana! É uma planta, que lembra um rabanete, com 59% de carboidrato e muitas fibras. "O carboidrato é uma fonte natural de energia. Já a fibra dá saciedade, faz o intestino funcionar, acaba com o inchaço e a gula e seca a barriga!", afirma a nutricionista Lidiane Mantovani. Além de emagrecer, a maca peruana tem pouquíssimas calorias: duas colheres (chá) da farinha têm apenas 30 calorias. E também tem em cápsula! A indicação é de quatro ao dia, duas antes do almoço e duas antes do jantar. A nutricionista Bruna Murta tem mais uma carta na manga: "A maca peruana é afrodísiaca. Você sente resultados nas primeiras semanas". Um curinga para turbinar a dieta, com humor e muita disposição!


4 benefícios para a sua saúde:

1-Fortalece o coração
Por ser rica em ômega 3, a maca peruana evita problemas cardiovasculares e regulariza os níveis de colesterol. Olha que coisa boa! “Essa planta é capaz de combater o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL). Isso ajuda no controle de gorduras no sangue, evitando a hipertensão”, diz a nutricionista.

2-Evita a anemia e a osteoporose
A plantinha é riquíssima em ferro, nutriente que combate a anemia – uma dose de 100 g da farinha é composta de 16,6 mg de ferro. Além disso, a maca peruana tem mais cálcio que o leite. “Indico para todas as mulheres, principalmente para as que estão na menopausa, para evitar a osteoporose”, diz Lidiane.

3-Previne o diabetes e aumenta a imunidade
De acordo com a Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), a maca peruana previne o diabetes por diminuir a velocidade da absorção de glicose, graças ao alto teor de fibras na planta. Ela também fortalece a imunidade do organismo e aumenta o poder de cicatrização.

4-Esquenta o sexo
A maca peruana tem efeito afrodisíaco, de acordo com estudos da Universidade Cayetano Heredia, no Peru. Nos homens, houve maior produção de sêmen e, nas mulheres, a planta reduziu o estresse e, ainda, aumentou a vontade de fazer sexo. 
Emagreça 5 kg em um mês
A nutricionista Lidiane Mantovani elaborou um cardápio curinga, com apenas 1400 calorias. Ele ajuda a combater o inchaço do corpo, dar saciedade e, em 30 dias, promete secar 5 kg. Você só precisa segui-lo à risca, tomar a maca peruana e fazer exercícios três vezes na semana:

Café da manhã
200 ml de leite desnatado com café e adoçante a gosto + 2 fatias de pão integral com 1 fatia de queijo branco + 1 fruta, pode ser 1 fatia de melão ou ½ papaya

Lanche
1 pote de iogurte light ou 200 ml de vitamina de frutas com 1 colher (chá) da farinha de maca peruana

Almoço
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes + 1 tomate + 3 colheres (sopa) de arroz integral + 1 filé de frango grelhado + 1 pegador de brócolis refogados + 1 maçã ou 1 laranja

Lanche
1 pote de iogurte desnatado ou 200 ml de suco natural com 1 colher (chá) de farinha de maca peruana

Jantar
1 prato (sobremesa) de salada de folhas + beterraba, cenoura ou vagem refogadas + 2 ovos mexidos + 3 colheres (sopa) de arroz integral + 2 fatias de abacaxi

Ceia
2 torradas integrais + 1 queijo Polenguinho® light


1 de fevereiro de 2014

RELAÇÃO ENTRE IRMÃOS


Estudos tentam decifrar a complexidade da relação entre irmãos


Quando o bebê nasce, a criança mais velha pode vir a se sentir “destronada” ou deslocada.   Os pais geralmente dedicam boa parte de sua atenção para o novo integrante da casa.   Os pais agora irão dividir sua atenção entre dois ou mais filhos.   E o novo bebê  freqüentemente recebe a maior parte dela, devido ao seu estado vulnerável. Os pais passam a ter menos tempo para seus filhos mais velhos e tanto a qualidade e quantidade de suas interações podem diminuir.   Os irmãos mais velhos são propensos a notar a diferença e a se sentir deslocados.  O novo bebê se torna um rival pela atenção dos pais.   Isso pode definir as bases para a rivalidade entre irmãos.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Não se sabe ao certo porque Cyndi Hoffman, irmã mais velha de Seltzer, decidiu denunciar a fraude (nenhuma das duas respondeu a tentativas de contato). Mas o incidente ilumina as conflituosas expectativas da sociedade quanto ao relacionamento entre irmãs. Mesmo que tenham criticado Seltzer por sua fraude, alguns blogs expressaram ainda mais raiva de Hoffman, definindo-a como "dedo-duro" e especulando que ela talvez sentisse inveja do sucesso da irmã.
"As pessoas se sentiram quase tão fascinadas por a denúncia ter vindo da irmã quanto pelo resto da história", disse Marcia Millman, professora de sociologia da Universidade da Califórnia em Santa Cruz e autora de um livro sobre o relacionamento entre irmãs. "Temos fortes expectativas de lealdade, da parte de uma irmã", ela acrescentou. "Mas, em companhia da imagem idealizada do relacionamento fraterno, a de que elas devem sempre estar próximas, existe um estereótipo de que irmãs são altamente competitivas. São os dois extremos".

A literatura psicológica está repleta de estudos sobre a complexidade dos relacionamentos entre irmãos, que tipicamente são os mais longos na vida de uma pessoa. E embora boa parte das pesquisas girem em torno de irmãos em termos gerais, o relacionamento entre irmãs recebe muita atenção porque dados de pesquisas sugerem que elas tendem a manter mais contato, quando adultas, do que outros pares de irmãos.

Embora isso signifique maior proximidade entre as irmãs, especialmente à medida que envelhecem, também quer dizer mais oportunidade de conflito e rivalidade. "Uma irmã saberá exatamente o que dizer para animar sua irmã, e também para enchê-la de dúvidas", disse Terri Apter, psicóloga da Universidade de Cambridge e estudiosa do relacionamento entre irmãs.

Os pais gostam de manter a esperança de que seus filhos sempre manterão um relacionamento estreito, mesmo depois de adultos. Mas embora escolhamos nossos amigos e possamos confiar em nossos pais, os irmãos tendem a permanecer em nossas vidas nem por escolha e nem por necessidade. Em lugar disso, eles representam uma fonte de competição pela atenção de nossos pais.

"Há filhos que se sentem forçados a suportar os irmãos", disse Judy Dunn, professora de psicologia do desenvolvimento do King's College, de Londres, e uma das mais renomadas especialistas no relacionamento entre irmãos. "Trata-se de um relacionamento completamente desinibido. Se você se irrita com um irmão, puxa logo o cabelo dele ou diz exatamente aquilo que sabe que servirá para irritá-lo mais".

O papel dos pais
Muitos pais presumem que os filhos virão a superar suas divergências. Mas pesquisas demonstram que o comportamento infantil entre irmãos, bom ou mau, persiste na vida adulta. "Sabemos que muitas provas indicam continuidade", disse Dunn. "As duplas de irmãos que se dão muito bem na infância continuam a ser bastante positivas mais tarde na vida".
Brigar com irmãos é parte normal da infância, e as pesquisas sugerem que crianças pequenas se envolvem nesse tipo de conflito cerca de cinco vezes ao dia, diz Apter. Nas famílias, como na natureza, as batalhas entre irmãos podem ter propósito útil, o de atrair a atenção paterna a ambas as crianças.

No entanto, alguns pais sabotam sem saber o relacionamento entre seus filhos ao atribuir responsabilidade excessiva à criança mais velha. Os filhos mais velhos muitas vezes são forçados a brincar com os mais novos e a cuidar deles, o que cria ressentimento. E alguns pais cometem o erro de tratar os filhos mais velhos como se fossem confidentes, o que perturba o relacionamento entre as crianças.

"Isso representa um fardo para o filho mais velho - transformá-lo em confidente", disse Millman. "Equivale na prática a separar uma criança de suas companheiras". Mas um dos maiores erros cometidos pelos pais é esperar que as crianças sempre resolvam seus conflitos sem intervenção.
"Quando perguntamos aos pais quais são as melhores maneiras de ajudar crianças a administrarem seus conflitos, eles dão as respostas certas: conversar com as crianças, todos unidos; fazer com que cada uma conte seu lado da história; ajudá-las a encontrar solução", conta Laurie Kramer, professora de estudos aplicados da família na Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign. "Mas quando você observa o que os pais realmente fazem na prática - e nós o fizemos equipando crianças com microfones sem fio -, percebe que a estratégia paterna mais comum em caso de conflitos entre os filhos é a inação".

Sistema tenta reduzir conflitos
Em estudo que acompanha pares de irmãos do nascimento ao segundo grau, Kramer constatou que a inserção social de uma criança em um grupo de amigos antes que ela venha a ter um irmão pode determinar a criação de um relacionamento mais construtivo.
Com base nessa pesquisa, Kramer desenvolveu um sistema de intervenção cujo objetivo é reduzir os conflitos entre irmãos na faixa etária dos quatro aos oito anos. As crianças que passam pelo programa brincam juntas com menos problemas e se envolvem em interações mais positivas, diz ela.

Em um dos exercícios, os irmãos em conflito recebem cada qual um par de óculos de brinquedo. "Nós os ensinamos primeiro a ver as coisas de sua maneira e depois à maneira do outro", diz Kramer. "Trata-se de um recurso visual que permite transmitir uma ideia abstrata".

"É importante não dizer às crianças que resolvam suas disputas sozinhas¿, afirma Kramer. "Elas precisam estar capacitadas a isso".

Tradução: Paulo Migliacci ME

The New York Times

"A arte de não adoecer"


Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.

Se não quiser adoecer - "Tome decisão"

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer - "Busque soluções"

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"

Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer - "Aceite-se"

A rejeição de si próprio, a ausência de autoestima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer - "Confie"

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer - "Não viva sempre triste"

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. "O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

Dr. Dráuzio Varella

London - Julho de 2004

London - Julho de 2004

MEIO TUDO

"Li uma pequena mensagem outro dia que me fez refletir bastante a respeito das atitudes de muitas pessoas, as atitudes “meio tudo”. Afinal de contas, o que é “meio tudo”? São pessoas que nunca se comprometem 100% com alguma coisa ou sempre se colocam com uma postura de receio. Esse cenário é muito mais comum do que se pode imaginar, pode ter certeza disso. Eis a mensagem inspiradora que li… Não deixe portas entreabertas. Escancare-as ou as bata de uma vez. Porque por meias entradas entram meias felicidades".
Flora Figueiredo
Um dos cenários mais comuns onde se vê atitudes “meio tudo” está no campo dos relacionamentos, principalmente para os homens. Existem muitos homens que simplesmente retiram do seu vocabulário a palavra “compromisso”, fogem dessa palavra como um gato foge da água fria. Essa cena clássica pode ser resumida em uma palavra, MEDO. Medo do compromisso com uma garota. A grande maioria desses homens tem uma autoestima tão baixa que sabem que não conseguirão encantar e fascinar uma única garota por muito tempo, com isso, usam o caminho do “meio tudo” para xavecar com muitas garotas, querem aprender truques e mais truques para conquistar garotas, mas fica tudo na superficialidade, conquistam usando esses truques e depois de alguns minutos ou dias acontece algo muito simples, mas que praticamente todos esses caras não percebem. As garotas com que saem vão perdendo o interesse por eles naturalmente. Eles ligam e elas não atendem o celular, ou atendem e inventam desculpas esfarrapadas para não saírem com eles (o que concordo plenamente). Elas fazem isso para se livrarem de entrar em “barcos furados” e se arrependerem depois. Tudo isso é simplesmente resultado de uma atitude “meio tudo”. A maior parte das mulheres têm uma espécie de “sexto sentido” e percebem facilmente quando alguém está usando uma máscara, ou está só na base de truques baratos. O resumo dessa história é que esses caras ficam com uma, duas, três, dez, vinte mulheres, mas continuam sempre infelizes, porque ao invés de se entregarem por completo a alguém e com sinceridade, se usam de máscaras e truques que só levam a mais infelicidade. Essa é a dica que dou para os homens. Não queiram conquistar garotas usando truques! Isso nunca vai dar certo! Só se pode conquistar uma garota verdadeiramente e com todas as letras sendo você mesmo, sem máscaras, sem subterfúgios. A felicidade é um dos temas mais discutidos desde que o mundo é mundo. Mas o que eu digo é simples. A felicidade com certeza vem com muito mais facilidade para as pessoas que são sinceras e que não tem medo de ser quem são. Posso falar isso por mim mesmo. Quando eu era garoto tinha um enorme complexo de inferioridade, achava que os outros eram melhores do que eu, mais capazes do que eu, mais bonitos do que eu, etc. O resultado disso tudo é que eu não me sentia plenamente feliz. O que eu fiz foi uma reflexão profunda sobre a minha pessoa e fui vendo o que eu tinha de bom e de ruim, e fui me trabalhando. Tentando reforçar o que tinha de bom e eliminar pouco a pouco o que tinha de ruim. Sempre com muita sinceridade em relação a todos os meus sentimentos. E também aprendi a viver o hoje. Sempre falo nos meus textos que o hoje é a única coisa que existe, e é mesmo. Depois que mudei a minha filosofia de vida a felicidade bateu na minha porta e entrou pra ficar. Fiz comigo o que essa mensagem sugere, abri as portas da minha vida por completo, não deixei minhas portas entreabertas, assim posso afirmar que tudo na minha vida mudou. Essa é a grande mensagem que quero deixar hoje. Não vamos deixar as nossas portas entreabertas e eliminemos da nossa vida as atitudes “meio tudo”, atitudes “meio tudo” são para pessoas “meio tudo”. Vamos fazer parte do time das pessoas plenas e conscientes.
Por Isaias Costa

DEFINIÇÕES

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.
"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
"Diabético" é quem não consegue ser doce.
"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

Acredite na vida!

Acreditar que a nossa vida não é melhor ou pior do que a de ninguém. Nunca sentir-se maior ou menor, mas igual. Fazer o bem sem olhar à quem e não esperar nada em troca, é uma maneira de encontrar a felicidade.

Procurar sorrir sempre, mesmo diante das dificuldades e não se envergonhar das lágrimas, diante da necessidade, é outra maneira de irmos ao encontro dela. Ser humilde, prestar favores sem recompensas, abrir as mãos e oferecer ajuda, é uma maneira de buscar a felicidade.


Chorar e sofrer, mas lutar e procurar vencer, sem deixar o cansaço te derrotar, nem o desânimo ou o preconceito te dominar, é uma maneira de ganhar a felicidade. Aprender à defender seus ideais e a amar seus semelhantes, à conquistar seus amigos pelo que é e não pelo que queiram que seja, é mais uma maneira de abraçar a felicidade.


Saber ganhar e saber perder, é uma rara conquista, mas você consegue. Tenha fé, acredite em Deus!!! Viva cada momento de sua vida como se fosse o último. Faça de sua vida uma conquista de vitórias, uma virtude e aproveite tudo o que ela te der como oportunidade. Mesmo sofrendo, sofra amando. Pois é através do amor que você encontrará as chaves para abrir as portas da felicidade...

"AME A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO"



XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


xxxxxxxx

xxxxxxxx

Case-se

CASE-SE COM ALGUÉM QUE…

Case-se com alguém que te aceite exatamente do jeito que você é, alguém que te respeite e te ame mesmo cheio de defeitos, alguém que se mantenha calmo enquanto está estressado e que te escute quando ninguém mais parece ouvi-lo.
Escolha alguém que te acompanhe no jogo de futebol e alguém que deixaria o precioso jogo de domingo por um tempo a mais com você.
Escolha um homem que vai acha-la linda quando você acordar com a cara toda amassada e o cabelo todo despenteado e aquela que vai encarar com um sorriso suas crises de mau humor pela manhã.
Alguém que evitará que as lágrimas escorram pelo seu rosto mas que quando não puder evita-las que te ofereça o ombro pra você chorar.
Escolha alguém que saiba Sorrir de você, com você e por você.
Alguém que depois de te fazer raiva te faça cócegas até você começar a soluçar de tanto rir.
Aquele ou aquela que vai virar criança com você, que vai correr atrás de você no meio da rua, que vai dançar com você sem música, que vai virar palhaço, fazer guerra de travesseiro, bagunçar o seu cabelo mesmo sabendo que você odeia, que vai te fazer cafuné e dizer coisas sem sentido só pra não te ver triste.


Case-se com alguém cheio de defeitos, irritante que seja, mas desconfie dos perfeitinhos que não se despenteiam. Fuja de quem conta pequenas mentiras durante o dia. Observe o caráter, antes de perceber as caspas.
Case-se com alguém por quem tenha tesão. Principalmente tesão de vida. Alguém que não lhe peça para melhorar, que não o critique gratuitamente, alguém que simplesmente seja tão gracioso e admirável que impregne em você a vontade de ser melhor e maior, para si mesmo.
Para se casar, bastam pequenas habilidades. Certifique-se de que um dos dois sabe cumpri-las. É preciso ter quem troque lâmpadas e quem siga uma receita sem atear fogo na cozinha; é preciso ter alguém que saiba fazer massagem nos pés e alguém que saiba escolher verduras no mercado.
E assim segue-se: um faz bolinho de chuva, o outro escolhe bons filmes; um pendura o quadro e o outro cuida para que não fique torto. Tem aquele que escolhe os presentes para as festas de criança e aquele que sabe furar uma parede, e só a parede por ora. Essa é uma das grandes graças da coisa toda, ter uma boa equipe de dois.
Passamos tanto tempo observando se nos encaixamos na cama, se sentimos estalinhos no beijo, se nossos signos se complementam no zodíaco, que deixamos de prestar atenção no que realmente importa; os valores.
Essa palavra antiga e, hoje assustadora, nunca deveria sair de moda. Os lábios se buscam, os corpos encontram espaços, mas quando duas pessoas olham em direções diferentes, simplesmente não podem caminhar juntas. É duro, mas é a verdade. Sabendo que caminho quer trilhar, relaxe!
A pessoa certa para casar certamente já o anda trilhando. Como reconhecê-la?
Vocês estarão rindo. Rindo-se.
Curta mais o seu amor.